Highline urbano

Guilherme Coury explorando uma construção abandonada em São Bernardo do Campo (SP) (Foto: André Kawaguti)

O highline é quando o slackline é praticado em grandes alturas. Montada a dezenas de metros do chão, a fita neste caso desafia os praticantes pelo alto grau de exposição. E, nessa vertente, nem ambientes urbanos escapam. Cada vez mais, pontes, torres de transmissão e prédios — alguns abandonados — vêm se transformando em excelentes picos para o highline.

Confira nesta galeria de fotos alguns desses highlines, montados em cidades brasileiras. E leia mais sobre esta vertente do slackline na matéria "Equilíbrio no caos", publicada pela Go Outside de agosto (nº 121). Já nas bancas.

-Publicidade-