Hospedagem aérea

Suspensas a 120 metros de altura do chão, presas diretamente na montanha, três cápsulas transparentes, feitas de vidro e do mesmo tipo de alumínio usado na construção de espaçonaves, são uma nova opção de hospedagem para quem visita Cusco, no Peru. Cada uma delas comporta quatro camas, uma área de jantar e um banheiro, tem seis janelas e regulagem de temperatura, para garantir uma estadia confortável aos visitantes.

Para chegar às cápsulas, é preciso encarar uma trilha até o topo de uma montanha e se jogar em uma tirolesa que dá acesso ao "hotel". A ideia veio da empresa Natura Vive, que pretende fornecer uma experiência na montanha a todo tipo de visitante (com certo preparo físico). As cápsulas contam com teto de vidro, para proporcionar a observação das estrelas e dos condores peruanos.

Veja a galeria de fotos:

-Publicidade-