Quase no Everest

Faz anos que o Google vem mapeando cada metro quadrado do mundo a que têm alcance. A gigante da tecnologia expande cada vez mais os domínios do Google Earth, software pelo qual já é possível observar a geografia de quase todos os cantos do planeta. Com o objetivo de mapear a região do acampamento base do Everest, no Nepal, o Google enviou uma equipe formada por 16 técnicos para passear por lá nos meses de março e abril de 2014, carregando o Street View Trekker. A engenhoca é como uma mochila, com GPS e câmeras que apontam em todas as direções possíveis. As fotos captadas pelo aparelho são, então, sobrepostas, e assim é possível ter uma visão panorâmica dos lugares.

Além do mapeamento da região do Khumbu, onde está o acampamento base, os técnicos do Google também fizeram fotografias panorâmicas do lado de dentro de alguns templos e residências locais, contribuindo para um retrato ainda mais detalhado dos detalhes e da cultura do Nepal.

Se você se já se perguntou como deve ser um trekking pelo acampamento base do Everest, pode ter uma boa ideia acessando aqui.


NÃO É FEITIÇARIA: Um técnico do Google maps usa o Street View Trekker no Grand Canyon (EUA).
(Foto: Reprodução divulgação Google).


COMUNIDADE: A região de Khumbu, no Nepal (Foto: Max Lowe).

-Publicidade-