A trajetória das pranchas de surf

Outras pranchas que aparecem no livro (Foto: divulgação MIT Press)

Quem pega onda com pranchas modernas, leves e dinâmicas, talvez não imagina como eram diferentes os primeiros modelos usados para praticar o esporte. Desde sua forma mais rudimentar, feita de madeira, a prancha de surf já passou por várias etapas. O livro Surf Craft, de Richard Kenvin, mostra uma seleção delas ao longo do tempo, em vários lugares do mundo. O livro é fruto da exposição Surf Craft: Design and the Culture of Board Riding (Ofício do surf: design e cultura em pranchas, numa tradução livre), que foi encerrada em janeiro em La Jolla, Califórnia (EUA).

Tradicionalmente artesanais, as pranchas de surf têm o desafio de combinar tecnologia e arte em um só produto, que seja eficiente para o esporte e bonito aos olhos.

Na galeria acima você pode ver alguns dos modelos apresentados na exposição escolhidos para ilustrar o livro, disponível para compra aqui (US$ 30).

-Publicidade-