Manobras na luz

Os wakeboarders Rafael Pamplona e Germano Nottingham tiveram suas pranchas e roupas decoradas de maneira única para uma sessão de manobras em Fortaleza, no Ceará: luzes de LED foram presas aos atletas pelo coletivo artístico Bahu. O fotógrafo Victor Eleuterio então fotografou as manobras usando flashes nos atletas, contra a câmera e perto dela, conseguindo captar o desenho formado pelos movimentos do wake.

O Projeto Luminescência, como foi chamada a performance, é a primeira atuação do Bahu. A ideia do projeto tem em sua proposta recriar as maneiras de participação do esporte. Seguindo esse conceito, foi acrescentada a luz LED como um componente artístico às performances esportivas. Ao aplicar luzes LED na prancha e no próprio atleta de wakeboard, é criado um efeito visual que proporciona uma maior percepção da expressão corporal e formatos criados a partir da performance.

Confira o resultado na galeria de fotos acima, e veja outros projetos do Bahu no site do coletivo.

-Publicidade-