Duelo de gigantes


SEBO NAS CANELAS: O trecho de corrida de montanha é o mais duro da prova
(FOTO: Alexandre Cappi)

Por Maria Clara Vergueiro

DAR O SANGUE, chegar ao limite das forças, pensar em desistir, superar as próprias marcas. Em sua terceira edição, o Rocky Man – prova em equipe que combina seis modalidades distintas, em sistema de revezamento – testará a força e a coragem de alguns dos melhores atletas outdoor do Brasil e do mundo. A competição, que acontece dia 8 de novembro, repete a fórmula mágica que mistura famosos cenários da cidade do Rio de Janeiro, a elite mundial dos esportes de aventura e altas doses de emoção, em um dia inteiro de disputas a céu aberto.

Desde 2012, o evento (organizado pela editora Rocky Mountain, que publica as revistas Go Outside e Hardcore) combina etapas individuais de surf, mountain bike, corrida de montanha e stand-up paddle com etapas coletivas de canoa polinésia e corrida de rua. A cada ano, uma modalidade surpresa é incluída para desafiar as habilidades e as estratégias das equipes: em 2012 foi o parapente, em 2013 a escalada indoor. Em 2014, atletas do skate vertical vão voar na pista montada em plena praia de Ipanema e apimentar a disputa.

O percurso começa com baterias de surf no Arpoador, segue com o mountain bike pelas ruas da cidade e pelo Parque Nacional da Tijuca, emenda na corrida de montanha que beija os pés do Cristo Redentor, encontra as águas da Lagoa Rodrigo de Freitas para uma batalha de stand-up paddle e termina o dia com atletas de todas as modalidades remando em canoas polinésias na praia da Urca e, depois, correndo juntos até a linha de chegada, na praia de Ipanema.

Como nas edições anteriores, serão 20 equipes multidisciplinares e mistas, compostas de cinco atletas. Cinco delas vêm de longe: Estados Unidos (bicampeã da prova), Nova Zelândia, Argentina, França e Canadá desembarcarão na capital carioca. Entre as estrelas internacionais, estão um campeão olímpico de mountain bike (o francês Miguel Martinez), uma campeã mundial de maratona de montanha (a norte-americana Stevie Kremer) e um bicampeão da travessia de stand-up paddle Molokai2Oahu (o canadense Andrew Logreco).

Esses grandes atletas terão de suar a camisa se quiserem vencer cada etapa. Confira abaixo o "duelo" que provavelmente será travado por algumas estrelas das modalidades outdoor do Rocky Man:

SURF

Caio Vaz x Mo Freitas

Os dois têm sangue brasileiro, integram a mesma geração de atletas do circuito mundial de stand-up surf e disputarão as etapas de surf e de SUP. Aos 20 anos, Caio Vaz – que até o fechamento desta edição ocupava a segunda posição no ranking mundial e brigava pelo título – integrará a equipe bicampeã do Rocky Man, a Team USA. Aos 17 anos, o havaiano Mo Freitas é filho de uma brasileira e participará na equipe Núcleo Aventura, duas vezes vice-campeã do Rocky Man, para tentar destronar o carioca. Em setembro deste ano, ele venceu Caio em uma etapa do US SUP Tour, na Califórnia.

MOUNTAIN BIKE

Ricardo Pscheidt x Abraão Azevedo

Se estas duas feras brasileiras da bike off-road ultrapassarem o campeão olímpico francês Miguel Martinez, travarão uma briga boa entre eles. O catarinense Ricardo Pscheidt é tricampeão brasileiro de cross-country olímpico, venceu a etapa de mountain bike do Rocky Man 2013 e, neste ano, representará a equipe Selva. Já Abraão, que vai pedalar pela Núcleo Aventura, soma conquistas como dois títulos de campeão da tradicional ultramaratona Cape Epic e quatro vitórias na ultramaratona Brasil Ride, ambas na categoria máster.

CORRIDA DE MONTANHA

Daniel Jones x Gary Robbins

O primeiro é o neozelandês vencedor da duríssima etapa de corrida do Rocky Man em 2013. O segundo é um dos maiores nomes da corrida de montanha do Canadá, com resultados como um quarto lugar na Ultra-Trail Mt. Fuji.

Stevie Kremer x Leticia Saltori

Em 2013, a norte-americana (campeã mundial de maratona de montanha) disparou na frente de todas as outras concorrentes e cruzou a linha de chegada da etapa feminina, que tinha 32 quilômetros de percurso, 20 minutos à frente da segunda colocada. Agora ele terá uma adversária brasileira casca-grossa: Letícia Saltori, da equipe Selva, é campeã da Mizuno Uphill deste ano – uma maratona de subida (42 quilômetros) que ela finalizou em 3h46m29s.


RIO 40 GRAUS: Grandes nomes do stand-up paddle se
enfrentarão na lagoa Rodrigo de Freitas

STAND-UP PADDLE

Armie Armstrong x Andrew Logreco

O neozelandês e o californiano (que no Rocky Man representará a equipe do Canadá) se enfrentaram em julho deste ano na clássica travessia Molokai2Oahu e terminaram a disputa na 11a e 12a posições no ranking geral. Em 2011, Andrew venceu essa mesma travessia na categoria stock stand, quando Armie ficou em segundo lugar.

SKATE VERTICAL

Sandro Dias x Jono Schwan

Um dos maiores atletas brasileiros dos esportes de ação, Sandro “Mineirinho” Dias já foi seis vezes campeão do circuito mundial de skate vertical, tricampeão do circuito europeu e contabiliza 15 medalhas em X-Games. No Rocky Man, estará na equipe Núcleo Aventura. Enquanto isso, o Team USA vem com a juventude de Jono Schwan, que aos 17 anos se afirma como um dos melhores atletas da nova geração.


MENINO DO RIO: Caio Vaz na etapa de surf do ano passado

(Trecho de reportagem publicada originalmente na revista Go Outside de novembro de 2014)

-Publicidade-