Sobe e desce

ournalist, Anchorage, Alaska

NINGUÉM SEGURA: A segunda metade da prova (Foto | Marc Lester/ marclesterphoto.com)

O diretor de cinema, Max Romey quer mostrar como uma montanha é capaz de despertar a fúria em corredores. Ele acompanhou as últimas duas edições da Mount Marathon Race, uma corrida que acontece há cem anos em Seward, no Alasca, e cujo objetivo é vencer uma piramba de 921 metros de altitude para, em seguida, sobreviver à descida.

A distância total da Mount Marathon é de apenas cinco quilômetros. No entanto, em média, os competidores levam 40 minutos para chegar ao topo do montanha e outros 15 para retornar à base. Além da subida, o grande desafio é se manter atento para não cair em penhascos ou sair rolando morro abaixo. A cada ano, vários atletas inevitavelmente saem contundidos.

Depois de ver que se tratava de um desafio capaz de despertar o interessante no público comum – corredores ou não –, Max decidiu investir na produção de um documentário sobre a prova. “Todo mundo já viu um filme interessante sobre mountain bike ou esqui e, em parte, porque houve um trabalho bacana de câmeras”, diz ele, que na última edição estava munido de 20 filmadoras e um bom roteiro. Um dos objetivos é mostrar que as mulheres são tão duronas e incríveis quanto os homens, uma situação constantemente revelada na Mount Marathon Race.

Veja a seguir um aperitivo do que Max está preparando.


Saiba mais sobre a Mount Marathon Race clicando aqui.

-Publicidade-