Brasil, o país da maratona aquática

ALLAN: Agora é só comemorar

Ontem (12/ outubro), o Brasil encerrou sua participação na 17ª etapa da Copa do Mundo de Maratonas Aquáticas, disputada em Chunna, China, com um excelente desempenho.

O baiano Allan do Carmo, de 25 anos, venceu no masculino e garantiu o título do torneio por antecipação – ele agora só precisa marcar presença na próxima etapa, que será realizada em Hong Kong no próximo fim de semana, para levantar o troféu.

O nadador brasileiro se manteve no primeiro pelotão durante toda a disputa, e completou os 10 quilômetros da prova em 1h52min59s, um segundo à frente do alemão Thomas Lurz, segundo colocado. Em terceiro ficou outro brasileiro, Diogo Villarinho.

No feminino, a chegada também foi apertada. A baiana Ana Marcela Cunha (que já havia garantido o título da Copa do Mundo por antecipação) levou também a melhor por um segundo em relação à paulista Poliana Okimoto, vice-campeã da etapa e campeã mundial em 2013. Poliana parece bem recuperada de uma lesão na cervical sofrida em julho deste ano, e agora foca para participar de sua terceira olimpíada.

E, pelo visto, a maratona aquática será um esporte com grandes chances de medalhas nos jogos olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.

-Publicidade-