Luto no esporte


R.I.P: Ramón Rojas, apaixonado pelo Brasil, seus amigos e voar, morreu em acidente na Suíça

O base jumper chileno Ramón “Chapa” Rojas, de 35 anos, morreu no último sábado (dia 20 de setembro) em um salto realizado durante a comemoração do Dia Mundial do Base — data que reuniu grandes nomes desse esporte em Lauterbrunnen, na Suíça.

O acidente, segundo o jornal britânico Mirror, pode ter sido causado devido a ventos fortes, que teriam levado o atleta a perder o controle do voo. "Meu coração está destroçado, mas ao mesmo tempo muito tranquila de saber que o meu irmão morreu feliz, fazendo o que amava com tanta paixão. Foi feliz e seguirá sorrindo de onde estiver, com outros passarinhos", escreveu sua irmã, Paula Rojas, no Facebook. Ainda nesta rede social, uma página foi criada para que amigos e conhecidos publiquem fotos e mensagens para Ramón (acesse aqui).

Em junho de 2014, a revista Go Outside publicou a reportagem “Nervos de Aço”, sobre um dos feitos inéditos de Ramón: naquela época, ele tornou-se se o primeiro atleta da América Latina a combinar esqui e base jump em um mesmo salto (leia na íntegra aqui). Em agosto, ele bateu outro recorde após saltar da colina El Plomo, na Cordilheira dos Andes, a 4.100 metros de altitude.

-Publicidade-