Verdadeiros homens de ferro


PODE COMEMORAR: Ciro durante a virtória no Ironman Havaí

Em 2013, o triatleta Ciro Violin celebrou como poucos seus 20 anos de dedicação ao esporte. Natural de Leme (SP), ele cruzou a linha de chegada do Ironman Brasil na 9ª colocação, a melhor de sua carreira, que começou nas distâncias menores em 1993. Uma posição de respeito para quem sempre dividiu o trabalho diário com o estilo de vida “nada, pedala e corre”. O resultado confirmou outro grande feito de Ciro no Mundial do Ironman (que é disputado no Havaí) em 2010, quando terminou a prova mais venerada da modalidade em primeiro lugar na sua categoria (foto acima).

Aos 33 anos, ele vai encarar mais uma vez os 3,8 km de natação, 180 km de bike e 42 km de corrida sem parar. Uma missão nada fácil, nem mesmo para as feras da modalidade. Preparado para esse enorme desafio no Ironman Brasil 2014, que acontece neste domingo (25 de maio) em Florianópolis, Ciro divide sua experiência com quem não vê a hora de completar seu primeiro Iron da vida. Confira cinco dicas essenciais para se superar (e sobreviver) nesta verdadeira odisseia:


ANTES DA LARGADA

"Muita gente defende que não se deve fazer absolutamente nada de diferente nos dois dias que antecedem sua grande prova. Mas eu penso de outra maneira: é preciso se adaptar. Se você está em um ambiente novo – e é impossível recriar as condições idênticas dos seus domingos de treino – continue seguindo o mesmo princípio de todos os procedimentos de uma prova de distância Iron. Ou seja, complete seu plano da melhor forma possível, independente das condições. Mas procure não ficar nervoso e angustiado se, por acaso, não conseguir cumprir tudo como vinha fazendo. Priorize coisas que te deixe em paz e relaxado. Busque a simplicidade nas ações para que exista equilíbrio entre emoção, mente e físico."


ALIMENTAÇÃO DURANTE A PROVA

"Esse sim é um item no qual não se pode errar. Se você falhar na alimentação ou hidratação, não vai adiantar nada ter bike e rodas de carbono ou usar capacete gota. Naturalmente você acabará rastejando na corrida. Não existe nenhum grande segredo para isso: basicamente, você deve ingerir fontes de carboidrato e sais, além de água. A quantidade vai depender do seu peso corporal, da intensidade, do tempo de exercício e, claro, do que o seu técnico ou nutricionista já deve ter determinado em um plano alimentar junto de você. Não teste nada de novo."


COMPETITIVIDADE

"’Iron-distance’ é um esporte interessante. Muitas vezes é possível ver o cara que está chegando por último mais feliz até do que o campeão do evento. Portanto, antes de tudo existe uma competição interna de você com você mesmo, que começou, aliás, muitos antes da largada – desde a atitude de se inscrever, passando pelos treinos e dificuldades até chegar ao grande dia. Depois, existe uma competição contra o ambiente a sua volta, envolvendo condições climáticas, altimetria e confiança no equipamento. Só depois vem a competição contra outros atletas. Em um evento deste porte, muitas variáveis acontecem ao mesmo tempo e é isso que faz com que esse esporte seja incrível. Por isso, cada atleta enfrenta uma competição, que na verdade são muitas competições no mesmo dia.


BOAS TRANSIÇÕES

"As transições em um Iron são ligeiramente diferentes das provas menores, pois é preciso um pouco mais de cuidado ao trocar de esporte, já que o atleta permanecerá muito tempo em cada um deles. Portanto, é preciso fazer visualizações pré prova como: onde está a minha bike na transição, onde vou encontrar as minhas sacolas, o que vou usar no ciclismo e o que vou vestir na corrida. Tudo tem de estar bem memorizado. Dou uma dica: quando estiver nadando, pense e lembre-se de onde está a sua bike, onde está a sua sacola e o que vai vestir antes de sair. Da mesma forma, quando estiver na bike visualize seus equipamentos e a sua rotina antes de começar a correr. Isso vai te deixar no “automático” e tudo deve fluir melhor nas transições."


FATOR PSICOLÓGICO

"Essa é uma questão delicada. Para mim, esse fator psicológico é um conjunto entre mente e emocional, algo bastante particular para cada um. Se um dos pontos não estiver alinhado com o outro, não adiantará o físico estar em plena forma. Como todos sabem, a mente comanda o físico e, se o emocional atrapalhar a mente, o físico não funcionará. Minha dica é: pense simples e faça tudo com essa simplicidade, pois isso te trará paz e equilíbrio. Consequentemente, emocional, mente e físico estarão alinhados no grande dia."


CIRO VIOLIN, 33 anos

TREINADOR: Vinnie Santana


RESULTADOS RECENTES:

7º Ironman 70.3 Pucon 2014

9º Ironman Brasil 2013

1º Long Distance AFA 2013

(Entrevista originalmente publicada na página da New Balance Brasil – newbalance.com.br)

-Publicidade-