Etiópia sobre rodas


ENQUANTO ISSO, NA ETIÓPIA: Skatistas locais fazem uma pausa (FOTO: Ethiopia Skate)

O fotógrafo francês Kévin Métallier sempre foi fascinado pela Etiópia. Em janeiro, ele finalmente organizou uma viagem ao país africano, mais especificamente uma skate trip em que foi acompanhado dos skatistas profissionais Michaël Mackrodt (da Alemanha) e Oscar Candon (da França).

Em entrevista ao site da revista Huck, ele falou que se interessa há algum tempo pela história desse país, considerado o “berço da humanidade” e que, pouco antes da Segunda Guerra Mundial, sofreu uma breve ocupação italiana.

Segundo Kévin, não há notícias de ninguém que tenha organizado uma viagem até lá para andar de skate. O trio soube aproveitar: começou explorando cada beco da capital, Adis Abeba. Juntos, eles também viajaram durante vários dias tentando achar lugares desafiadores para manobrar o skate e, ao que tudo indica, encontraram. “As pessoas se impressionam se você começa falando algumas palavras na língua delas, e é um jeito fácil de iniciar um bate-papo”, diz Kévin.

O vídeo a seguir fala por si só. Confira.

-Publicidade-