Remando pelo estreito


REMEM!: O trio de SUP no estreito de Bass, entre a Tasmânia e Austrália

Na última semana, três renomados atletas de paddleboard concluíram um desafio épico: percorreram, ao longo de cinco dias consecutivos no mar, 300 quilômetros no Estreito de Bass, que separa a Tasmânia do sul da Austrália. Com isso, se tornaram os primeiros a cruzar a região dessa maneira. O paddleboard é um esporte em que o atleta rema ajoelhado em cima de uma prancha, sem a ajuda de remos e usando apenas .

Na expedição, batizada de A Date with the Strait (Um Encontro com o Estreito), os australianos Zeb Walsh e Brad Gaul e o norte-americano Jack Bark enfrentaram de pranchão águas até duas vezes mais turbulentas que as do Canal da Mancha, que separa a Grã-Bretanha da França.

Além das duras condições do mar, o lugar é repleto de tubarões. O desafio foi tão extenuante que o australiano Zeb comparou a aventura a uma escalada ao cume do monte Everest, por exemplo. Saiba mais sobre a aventura no site oficial da expedição (surftech.com) ou na página deles no Facebook. Abaixo, veja também um vídeo sobre o feito.

-Publicidade-