Looping humano

O brasileiro Bob Burnquist e o norte-americano Tony Hawk já mostraram, há uns anos, que um looping em cima do skate é algo viável – pelo menos para skatistas atirados e com vários anos de experiência.
Agora o dublê inglês Damien Walters, especialista do free running (a vertente do parkour que inclui manobras acrobáticas), foi contratado pela Pepsi para testar a possibilidade de mandar um looping somente com as próprias pernas.

Depois de alguns estudos para definir a velocidade mínima que ele deveria atingir, Damien começou a colocar em prática o desafio, que provavelmente vai integrar a nova campanha da marca de refrigerante.

Veja abaixo como foi.

-Publicidade-