Perrengue infinito


SE ORIENTE: Rafael Campos, da QuasarLontra
(FOTO: Nacho Cembellin)

Depois de quase oito dias de prova, finalmente as primeiras equipes cruzaram a linha de chegada do ARWC Costa Rica, o campeonato mundial de corrida de aventura. A Thule Adventure Team, da Suécia, foi a grande campeã do desafio de 850 quilômetros divididos em etapas de trekking, canoagem, rafting e mountain bike. Eles levaram 168 horas e 23 minutos para concluir o perrengue infinito.

A vice-campeã foi a Columbia Vidaraid, que apesar de ser uma equipe espanhola contava com as forças dos corredores brasileiros Marco Amselem e Barbara Bomfim.

Pode-se dizer que o Brasil foi um destaque na competição: das 60 equipes (de 27 países) que estavam na disputa, quatro eram brasileiras. Entre elas, a melhor foi a Brasília Multisport (dos atletas Guilherme Pahl e Camila Nicolau), que chegou na sexta colocação, 17 horas atrás da primeira colocada. Na sequência, é aguardada até o momento a chegada da QuasarLontra, composta por Rafael Campos, Tessa Roorda, Mateus Ferraz e Xiquito.

Ainda entre as top 10 da prova, a equipe argentina Tierra Viva conta com o reforço da corredora brasileira Sabrina Koester Gobbo. Isso mostra que, apesar de a frequência de eventos tradicionais de corrida de aventura ter sido baixa no país em 2013, esses atletas conseguiram manter o alto nível competindo em outras provas multiesportivas — e o Rocky Man foi uma delas.

Em 2014, o campeonato mundial está marcado para acontecer no Equador.

-Publicidade-