Nota 10


VAI OU RACHA: Beyrick no momento crucial (FOTO: aspworldtour.com)

O sul-africano Beyrick De Vries não ficou nem entre os cinco melhores durante o Vans World Cup of Surfing, que aconteceu na última semana de novembro em Sunset, Havaí. Durante esta que é a segunda etapa do famoso Triple Crown, o surfista de 20 anos tirou a única nota 10 do evento depois de achar um tubo grande num dia em que as ondas estavam perfeitas e pesadas.

"É uma viagem de 55 horas até aqui, e que toma também uma boa parte do seu orçamento", disse Beyrick. "Mas depois que você surfa uma onda como essa é que se percebe que tudo valeu a pena. Estou amarradão.”

O brasileiro Raoni Monteiro ficou em terceiro lugar no mesmo evento, que foi vencido pelo havaiano Ezekiel Lau. Assim, Raoni garantiu seu acesso à elite do surf mundial em 2014. Mas foi durante o round 96 que, quem estava na praia, vibrou com o sul-africano quando saiu de braços levantados do tubo comemorando o que tinha acabado de fazer.

Veja no primeiro vídeo – primeiro em câmera lenta e depois na velocidade normal – como foi a onda surfada por Beyrick em Sunset pela câmera de bordo fixada no bico de sua prancha. No segundo vídeo, assista à mesma onda pela visão dos espectadores.

-Publicidade-