Maratona Up Hill Mizuno


Percurso que apenas 50 atletas selecionados enfrentarão amanhã no UP HILL Marathon


Para quem ama corrida, poder passar um dia em uma das mais espetaculares regiões do sul do país, correndo ao lado de outros devotos do esporte soa como um sonho. E é mesmo – apesar de, muitas vezes, esse sonho ser bem casca-grossa. Esta é a ideia por trás da primeira edição da UP Hill Marathon 2013 (saiba mais no vídeo abaixo), uma maratona histórica com percurso de pura subida.

Amanhã (dia 30 de novembro), cinquenta atletas brasileiros habituados às mais duras competições outdoor, que foram escolhidos a dedo pela Mizuno, se encontrarão na Serra do Rio do Castro, em Santa Catarina,o lugar palco da competição. É lá, que eles terão de se desdobrar para vencer os 42 quilômetros de corrida no asfalto íngreme, atravessando três municípios e até 256 curvas cruéis ao longo do caminho. “Esta prova tem me deixado muito preocupada. Não faço ideia do que esta por vir, mas estou me preparando para o pior”, conta a blogueira e corredora Paula Narvaez, que definiria a prova em duas palavras: o paraíso e inferno dos apaixonados pela corrida.


> De olho nos números:


Os 50 atletas irão começar o desafio a 154 metros do nível do mar, na cidade de Treviso

Depois de 42 quilômetros de subida no asfalto, eles chegam ao Bom Jardim da Serra, a 1.418 metros do nível do mar

– 17 º Celsius é marca mínima de temperatura que a região já registrou.

No meio do caminho, os guerreiros enfrentarão 256 curvas fechadíssimas. Além de um visual incrível com 35 cachoeiras, 14 rios e 9 cânions

1 palavra-chave para quem entrar nesse desafio: superação

-Publicidade-