Bolacha Oreo vicia ratos tanto quanto cocaína

Um estudo conduzido pelo Connecticut College, nos EUA, descobriu que a bolacha recheada Oreo é tão viciante quanto a cocaína para ratinhos de laboratório. Pesquisadores realizaram um experimento com os ratinhos que mostrou que esses animais ficaram tão fissurados pelo biscoito quanto por morfina e cocaína. Segundo um dos cientistas, esse tipo de pesquisa contribui para que descubramos se comidas consideradas “junkie” (“porcaria”) podem ser viciantes também em humanos.

“Nossa pesquisa pode ajudar a comprovar que alimentos com altos índices de açúcar e gordura estimulam o cérebro da mesma forma que as drogas”, diz o professor Joseph Schroeder. “Isso pode explicar por que algumas pessoas não conseguem resistir a esse tipo de comida mesmo quando sabem que são prejudiciais à saúde.”

No experimento, os pesquisadores alimentaram um grupo de ratos com Oreo, e outro com doce de arroz. Os ratinhos que comeram doce de arroz deixaram a área de alimentação mais rapidamente que os que ingeriram Oreo. Um experimento similar foi feito com cocaína versus uma solução salina. Os resultados mostraram que, nos ratinhos loucos por Oreo, mais neurônios foram ativados em áreas do cérebro responsáveis pelo prazer, e o mesmo ocorreu no caso da cocaína e da morfina.

Mais: a pesquisa mostrou que, como grande parte dos humanos, os ratos comem primeiro o recheio.

FONTE: Outside norte-americana

-Publicidade-