Na fronteira da liberdade

Foram quatro meses de planejamento, que contou com o apoio da Secretaria de Turismo de Paulo Afonso (BA), para dar vida a um projeto inédito, que teve a participação de atletas brasileiros bem experientes do base jump e do highline.

Idealizada pelo grupo conhecido como HighVibe, a ação aconteceu entre os dias 13 e 15 de setembro sobre a ponte do rio São Francisco, na divisa entre os estados da Bahia e de Alagoas.

“Um dos objetivos era realizar algo inédito”, diz Caio Salomão Afeto, um dos protagonistas e idealizadores .

O combinado era que, ao mesmo tempo em que três base jumpers (Rodrigo Almeida, Fernando Brito e Gabriel Lott) saltassem da ponte metálica Dom Pedro II, os highliners Caio Salomão, Gustavo Fontes e Vinicius Goulart atravessassem um vão da mesma ponte. Assim, a interação simultânea seria algo mágico e inédito.

O mais interessante é que havia highliners em território baiano e alagoano naquele momento. Já os base jumpers saltaram exatamente da fronteira entre os dois estados e pousaram nas águas do Velho Chico.

O grupo acabou de divulgar o primeiro teaser do projeto, que além da Secretaria de Turismo de Paulo Afonso (BA), teve o apoio das marcas Elephant Slacklines Brasil e HippyTree Brasil, e do coletivo F.A.S.T (Fortuna Audaces Sequitur Team).

-Publicidade-