Infância radical

Durante um verão longo e quente em Dublin, na Irlanda, um homem revê sua juventude, período fundamental em sua formação: como ele mesmo diz, “não mudei muito de lá para cá”. Num contexto aumentado da realidade, o filme mostra um pouco da vida de adolescentes mais atirados de Dublin, que dão pulos bem radicais no rio Liffey.

-Publicidade-