Mais uma para o currículo


O DESTINO É A VIA: Linha que os escaladores David Lama
e Dani Arnold abriram
em abril, no Alasca

Poucos dias depois de ser um dos destaques do prêmio dedicado ao montanhismo Piolets d’Or (pioletsdor.com), que acontece todo ano em Chamonix, o escalador austríaco David Lama viajou com o suíço Dani Arnold para mais um desafio extremo. Desta vez, eles conquistaram, em apenas 48 horas,
uma nova rota de 1.500 metros de extensão na face leste do monte Moose’s Tooth, no Alasca.

Batizada de Bird of Prey, a nova rota foi muito mais difícil do que a dupla esperava: à noite, eles enfrentaram temperaturas um pouco mais baixas do que o normal para esta época do ano, algo como -20ºC. Apesar de experiência e do entrosamento de David e Dani no universo da escalada, esta foi a primeira vez que ambos pisaram no Alasca.

De acordo com o site Planet Mountain, apesar de todas as dificuldades, os dois pisaram no cume do
Moose’s Tooth às 18 horas do dia 14 de abril. Por conta do péssimo tempo que estava por vir, eles tiveram que descer imediatamente, o que significou enfrentar um rapel noturno para chegar ao acampamento às 2 horas da manhã.

-Publicidade-