Vai viajar? Veja as vacinas que você deve tomar

Saiba quais países exigem imunização e o Certificado Internacional de Vacinação

Foto: Wavebreakmedia Ltd/ThinkStock

Por Redação

Os últimos casos confirmados de infecção de febre amarela no Brasil reacenderam o alerta para a importância da vacinação contra a doença. Para quem viaja constantemente, a imunização é um item que sempre deve estar em dia. Por isso verifique sempre antes de partir se o país de destino exige alguma vacina (só a febre amarela é requisitada em 152 países).

Vários países exigem que os turistas estejam protegidos onde há risco de transmissão, ou se vêm de lugares em que há casos de infecção. A Organização Mundial da Saúde (OMS) informa que viajantes precisam estar atentos às vacinas das seguintes doenças:

  • Cólera
  • Hepatite A
  • Hepatite E
  • Encefalite japonesa
  • Doença meningocócica
  • Raiva
  • Encefalite transmitida por carrapatos
  • Febre tifóide
  • Febre amarela

Alguns países como Austrália, Bolívia, China, Colômbia, Panamá, Nicarágua, Venezuela e Cuba exigem o Certificado Internacional de Vacina ou Profilaxia, um documento que comprova a vacinação contra doenças, conforme definido no Regulamento Sanitário Internacional. A OMS disponibiliza uma lista de países e doenças neste link.

Atualmente, a vacinação para febre amarela é recomendada e oferecida em 21 Estados: Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Bahia, Maranhão, Piauí, Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. O país recomenda, mas não exige a vacina para viajantes estrangeiros. A OMS também diz que a vacina é uma recomendação.

O que fazer

Descobriu que o destino da sua viagem precisa de vacinação? Então se programe para fazer a imunização de 10 dias a seis semanas antes da viagem, como recomenda a Anvisa. Alguns países impedem a entrada dos viajantes em períodos mais curtos do que esse. A exigência internacional é pela dose padrão da vacina.

Após se vacinar, cadastre-se no site da Anvisa. Depois, vá ao centro de emissão mais próximo para assinar o documento. No dia, leve o cartão de vacinação e um documento de identidade. Desde julho de 2017, o documento só é concedido a quem comprovar que vai desembarcar em algum país que exige a certificação. Todo o processo é gratuito.

Contraindicação

Algumas vacinas possuem contra-indicação. No caso da febre amarela, por exemplo, crianças entre 9 meses e 2 anos, gestantes, pacientes portadores de HIV/Aids e pessoas que passam por quimioterapia não podem tomar a vacina. Se você está entre esses casos, deve apresentar um Atestado Médico de Isenção de Vacinação, escrito em inglês ou francês.

Sua saúde também faz parte do planejamento da viagem. Se possível, sempre faça uma consulta médica antes e depois para verificar se está com tudo em dia.