Skate à base de cânhamo

Novas ideias sustentáveis surgem para trazer opções de consumo consciente ao skate

A questão de sustentabilidade é velha conhecida dos esportes outdoor, devido ao impacto criado pelo homem na natureza ao praticar atividades ao ar livre. Uma nova possibilidade que pode diminuir esse choque causado pelo comportamento humano, pelo menos em uma modalidade, é fabricar shapes de skate que não sejam de madeira.

Existem novas ideias que mudaram a concepção de como fazer skates, por exemplo o shape de papel reciclado, fabricado pela empresa Growanthology. Outro conceito inovador é o shape fabricado a partir de redes de pesca, no Chile, produzido pela empresa Bureo Skateboards. Ideias assim evitam uma série impactos ambientais causados pelo processos de produção de um skate comum.

Uma novidade mais recente é a criação de um skate à base de cânhamo, ideia é da startup eslovena Rolkaz Collective, que lançou uma campanha de financiamento colaborativo para iniciar a fabricação. O processo de produção é feito a partir de fibras e linho de cânhamo e resina de outras plantas. A combinação das matérias-primas resulta em um shape mais resistente, e com o mesmo desempenho de qualquer outro modelo.

O cânhamo é um material renovável, de rápido crescimento e reciclável, além de possuir uma das fibras mais resistentes da natureza. Também ocupa menos espaço para plantio, e preserva o terreno utilizado. Outro ponto positivo é o tempo para colheita, que é de 12-14 semanas – uma árvore demora cerca de 60 anos para crescer e ser derrubada. O processo de produção do shape também consome pouca energia e possuí desperdício zero. Todos estes, fatores que impedem o avanço do desmatamento e consequentemente a destruição da na fauna e flora das florestas do planeta. Vale lembrar que o cânhamo é uma variedade não psicoativa da cannabis, e pode ser usada para milhares de finalidades que auxiliam no consumo sustentável, como biocombustível, papel e tecido.

Veja o vídeo sobre o skate feito de canhamo e confira o desempenho  do carrinho.

COMPARTILHAR