Bikes elétricas que valem o investimento

Por Redação

Há ciclistas que ainda torcem um pouco o nariz para as bikes elétricas. Mas saiba que uma e-bike não faz você abandonar sua bicicleta. Cada vez mais populares em grandes cidades, as bikes elétricas são uma opção mais eficiente e sustentável de locomoção. Selecionamos seis modelos que podem ser ótimas para ir desde o trabalho, mercado ou até em viagens.

Vela S Top Tube

A vela é uma startup brasileira que investe em bikes elétricas. A S Top Tube é um dos quatro modelos disponíveis – que podem receber upgrades como bateria mais parruda. Vem com motor Bafang de 350 W de potência que pode ser ajustado para dois níveis de auxílio, e bateria para ser recarregada à parte ou diretamente na bike. Com belíssimo visual retrô, o modelo é singlespeed marcha única, mas o pedivela gira livremente. As informações como nível da bateria são dadas por leds piscantes. Há três opções de tamanho de quadro (com rodas aro 26” no menor e 29” nos maiores) e cores e acessórios opcionais. Por conta disso, o prazo de entrega pode levar algumas semanas. O preço é altamente atraente por tudo o que ela entrega. Preço: R$ 4.890

Pedalla Rodda

Com foco em bicicletas urbanas elétricas, a marca brasileira Pedalla chegou ao mercado há pouco mais de um ano. Seu modelo urbano Rodda tem estilo: quadro rebaixado bom para quem usa saias, protetor de corrente e paralamas para proteger da sujeira, além de campainha e descanso lateral, com ares charmosos de cycle chic. O motor traseiro de 89W é da chinesa Bafang com bateria da Samsung acoplada no bagageiro. O grupo Shimano Tourney de 7 velocidades ajuda a ativar o pedal assistido nas ladeiras No plano dá para desligar o motor e girar num ritmo confortável. Trata-se de um modelo um pouco mais pesado, portanto não é ideal se você precisa subir escadas carregando-a. Preço:R$ 4.544

Lev E-Bike D

Dá para uma bike ter mais cara de rolê pela cidade do que uma elétrica e dobrável? Entre as opções da Lev, uma das primeiras marcas nacionais a apostar nas e-bikes, está a D, um modelo compacto e que cabe em qualquer cantinho. Com aro 20 e motor de 89 W tem as opções de pedal tradicional (esta bike vem com grupo Shimano de 7 velocidades), pedal assistido e acelerador, ou seja, você pode até não pedalar caso prefira. A D também conta com piloto automático: ao ligá-lo a bike se mantém em uma velocidade constante. A roda traseira vem com trava de fábrica e o quadro dobrável é de alumínio. A bateria possui trava antifurto. Preço: R$ 5.990

Trek Super Commuter+ 8S

Sair para o trabalho ou para o supermercado geralmente é a parte fácil. Voltar cansado e carregando compras é mais complicado. Aí as e-bikes podem fazer uma grande diferença e poucas ajudam com tanto conforto e agilidade quando a Super Commuter+ 8S. Ela é muito mais do que apenas uma delícia de se pedalar no trânsito. Ao chegar à velocidade máxima com o turbo (o modo de pedal assistido mais potente de quatro opções), ela mantém o ritmo sem engasgar. Os freios a disco hidráulicos da Shimano garantem controle. Vem com farol e lanterna bem útil em um passeio noturno. A pilotagem é tão suave e precisa que você pode manobrá-la em curvas como se estivesse em um singletrack. Para pedalar sorrindo. Preço: R$ 39.000

Sense Impulse e-Urban

Em uma olhada rápida quase passa despercebido o fato de a Impulse ser uma bike elétrica. Com rodas de 27,5”, tem pneus lisos que aumentam a eficiência no asfalto. Vem com o sistema de motorização DirectDrive que oferece 350 Wh, e motor traseiro alimentado por uma bateria semi-integrada ao quadro. A Impulse conta ainda com display de LCD que permite selecionar níveis de assistência (ou seja, você decide quanta ajuda quer), velocímetro, odômetro e indicador de carga de bateria. A transmissão Shimano de 8 velocidades favorece nas subidas. O modelo tem bastante autonomia, principalmente quando consideramos o uso urbano e tempo de recarga de 6 horas. Preço: R$ 6.990

Caloi E-Vibe City Tour

Queridinha de ciclistas urbanos, a City Tour ganhou uma versão elétrica que mantém algumas das características para rodar bem na cidade. São rodas de aro 700 com pneus Continental Contact de 42 mm e suspensão. No caso da elétrica vem equipada com a Rock Shox Paragon de 50 mm de curso com trava, suficientes para aliviar em asfalto esburacado. O pedal assistido é movido pelo Shimano Steps, o sistema da marca que integra o motor E6003 e o movimento central, presente em vários lançamentos recentes. O câmbio é Shimano Acera de 9 velocidades além de freio a disco hidráulico, também Shimano. Um bom conjunto para rodar por aí e esticar os passeios por mais quilômetros do que você faria sem essa ajudinha extra. Preço: R$ 8.000