Baixe curso online grátis de mecânica de bikes para fazer na quarentena

Por Verônica Mambrini

curso online gratis de mecânica de bikes
Imagem: Renan Bossi

O que você pode fazer pelos outros nesta pandemia? Seja pelo isolamento, pela Covid19 afetando pessoas ou pelas consequências econômicas nos próximos tempos, a crise do coronavírus está sendo um dos eventos mais impactantes que a maioria de nós já viveu. O ciclista Bruno Uehara é apaixonado por bicicletas e decidiu ajudar uma parte dos herois invisíveis da pandemia: os entregadores de bike dos aplicativos. E fez isso oferecendo a eles (e a quem quiser um curso online grátis de mecânica de bikes.

>> Siga a Go Outside no Instagram

A ideia veio no fim de março, quando ele precisou buscar um quadro de bicicleta em outra zona da cidade de São Paulo. Ele pedalou 72km no total com um quadro de bicicleta de 3 kg nas costas. “Optei pedalar e carregá-lo nas costas durante 36km para evitar o metrô e, no trajeto da volta, foi inevitável não lembrar dos entregadores e entregadoras de aplicativo”, conta. 

Curso online grátis de mecânica de bikes

Bruno lembra que a maior parte dos entregadores mora na periferia. Durante o trajeto, São Paulo já estava vazia devido ao decreto de quarentena do governo do estado, “Os únicos ‘doidos’ pedalando na rua éramos nós: entregadores e eu”, conta. “Mesmo com uma bicicleta boa e anos de pedal nas pernas, cansei, e não foi pouco. Isso me deixou em choque e pensativo ao imaginar essa galera fazendo isso todos os dias”, diz o mecânico de bikes.

+ Bares voltados para quem ama bicicletas (e boas cervejas) se multiplicam

Hoje em dia, Bruno trabalha exclusivamente com bicicletas. Entre seus projetos, estão cursos online de mecânica de bikes. “Já tive oportunidade de conversar com alguns entregadores e a maioria pedala com bicicletas de péssima qualidade. Como mecânico, fico apavorado de saber que se arrastam, literalmente”, conta.

O curso pode ser baixado clicando aqui e seguindo as instruções. O “presente” foi pensado para melhorar as condições de trabalho dos entregadores, que cuidam da bike por conta própria, sem auxílio das empresas de aplicativo. Mas está aberto para qualquer um que queira aproveitar esta quarentena para aprender a mexer na própria bike. “Só assistir às aulas não adianta, hein! Tem que botar a mão na massa. Essa é a parte mais divertida e que vai garantir o aprendizado!”, ressalta.