UFA!

Cesar Cielo é absolvido pela Corte Arbitral e estará no mundial de Xangai, que começa amanhã. Gustavo Borges falou sobre o caso


PRESENTE: Cielo defende suas marcas no mundial de Xangai

Ontem a Corte Arbitral do Esporte (CAS) anunciou que manterá a decisão da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), que apenas advertiu o nadador Cesar Cielo.

Em maio, o brasileiro foi pego no teste antidoping no Troféu Maria Lenk mas, graças à pena branda, Cielo tem presença garantida no Mundial de Esporte Aquáticos de Xangai, que começa amanhã.

Outros três brasileiros – Nicholas Santos, Henrique Barbosa e Vinícius Waked – também foram pegos no mesmo teste, cujo resultado deu positivo para o diurético furosemida, considerado um camuflador de substâncias dopantes e, portanto, um complemento proibido. A Federação Internacional de Natação (FINA) havia sugerido três meses de suspensão à CAS. Mas apenas Vinícuis, que é reincidente, cumprirá a pena. Os outros atletas tiveram apenas seus resultados no Troféu Maria Lenk anulados.

A alegação da CAS é a de que os nadadores nada puderam fazer para impedir o consumo da furosemida, já que a substância estava presente em cápsulas de cafeína consumidas por eles. Amostras foram analisadas pelos agentes da Corte Arbitral.

Cielo se pronunciou dizendo que a verdade prevaleceu e que virou uma página em sua vida. Amanhã à noite (horário brasileiro), ele competirá nos 50 metros borboleta. E, durante o campeonato, ainda defenderá os títulos de 50 e 100 metros livre.

FALAMOS COM O EX-NADADOR E MEDALHISTA OLÍMPICO GUSTAVO BORGES,que esteve em Xangai recentemente recepcionando os nadadores brasileiros. Ele comentou sobre o caso. Leia a seguir.

“Para Cesar Cielo, que participará do campeonato mundial, foi um desgaste emocional grande. Agora, esperamos que ele continue concentrado. Torço por um grande mundial da equipe brasileira. Como esse assunto tomou conta das notícias nas últimas semanas, temos agora que mudar o focar aos atletas e aos resultados que vão vir em Xangai.

E tenho certeza de que teremos bons resultados. Estive em Xangai há alguns dias e vi os atletas brasileiros na chegada ao hotel. A turma me parecia descontraída e pronta para a competição. Conversei com vários deles, gente das antigas e também caras novas. Os técnicos também tem demonstrado tranquilidade e confiança.”