Pesquisadores defendem tratamento médico com ‘sex toys’; entenda

Pesquisadores defendem tratamento médico com ‘sex toys’; entenda
Foto: Unsplash

Engana-se quem pensa que o único benefício dos sex toys (brinquedos eróticos) é o prazer com a masturbação. Agora, cientistas americanos afirmam que médicos deveriam prescrever o uso regular dos objetos para mulheres como tratamento médico.

+ Atividade física é poderosa aliada no combate à pressão alta

+ Gestantes com quadros graves de Covid podem transmitir doença ao bebê

+ “Tomamos mais de 400 picadas na Ilhabela,” diz turista

Segundo um artigo publicado na revista “The Journal of Urology”, pesquisadores do Centro Médico Cedar-Sinai (EUA) concluíram que o uso de vibradores traz diversos benefícios à saúde. As informações são do “O Globo”.

Benefícios do uso de ‘sex toys’

Dentre as vantagens do uso regular de brinquedos eróticos descobertas pelos pesquisadores estão o fortalecimento do assoalho pélvico, redução de dores na vulva, amenização de sintomas de incontinência urinária e melhorias na saúde sexual geral.

A equipe de especialistas liderada pela pesquisadora Alexandra Dubinskaya defende, sob o mesmo ponto de vista, que atingir o orgasmo — e conseguir orgasmos múltiplos — pode ser mais fácil com o auxílio de sex toys, o que contribui para reduzir o estresse.

Nesse sentido, os pesquisadores defendem que os vibradores devem ser considerados, mais do que objetos sexuais, dispositivos terapêuticos. Além disso, alegam que especialistas em saúde feminina devem prescrevê-los às suas pacientes como método de tratamento.

-Publicidade-