O misterioso caso das lavas azuis

O francês Olivier Grunewald é um fotógrafo especializado em imagens da natureza. Em uma de suas viagens realizadas em 2008, ele ficou sabendo sobre o “mistério das lavas azuis” que rondam o vulcão Kawah Ijen, na Indonésia, e resolveu fotografá-las.

O problema, porém, era que a existência de um lago de águas ácidas e o trabalho de mineração de enxofre que acontece a céu aberto tornavam a permanência nas proximidades do
vulcão extremamente perigosa. Detalhe: é justamente o dióxido de enxofre que faz com que, durante a noite, o vulcão ganhe um visual incrível, com chamas — com até cinco metros de altura — e lavas azuis.

Para fazer as imagens, Olivier organizou
várias mini-expedições e passou 30 noites no local. As viagens incluíram equipamentos especiais, como máscaras de proteção contra o enxofre. Com o duro trabalho, além de belas fotografias, ele produzirá um documentário exclusivo sobre o vulcão (que será lançado na França). Abaixo, assista ao teaser desta produção e clique aqui para ver outras fotos feitas durante a viagem:


(via Megacurioso)

-Publicidade-