Veja quem são os atletas outdoor vencedores do Prêmio Brasil Olímpico

Foi a primeira fez que atletas de Escalada, Surf, BMX e Skate foram premiados pelo COB

Felipe Ho foi eleito o melhor escalador esportivo de 2017 pelo COB. Na foto ele desbrava uma rocha na via Juízo Final, em São Bento do Sapucaí (SP) - Foto: Alexandre Cardoso

Por Redação

Conhecida como a noite de gala do esporte brasileiro, na noite da última quarta-feira (28), os astros do esporte olímpico nacional se reuniram para a 19ª edição do Prêmio Brasil Olímpico, do Comitê Olímpico do Brasil (COB), que homenageia os melhores atletas de 2017 de 51 modalidades. Nesta edição foram premiados também os melhores atletas dos novos esportes e modalidades do Programa Olímpico para Tóquio 2020: Beisebol e Softbol, Escalada Esportiva, Karatê, Surf, Skate, Basquete 3×3 e Ciclismo BMX Freestyle.

O tenista Marcelo Melo e a judoca Mayra Aguiar foram os principais premiados na noite, eleitos como os melhores atletas. Caio Bonfim, de atletismo, também foi destaque ao conquistar por votação popular o Atleta da Torcida.

Algumas modalidades outdoors são novidade no Cômite Olímpico Brasileiro. O Felipe Ho foi o primeiro atleta de Escalada Esportiva e ser premiado pelo COB. Assim como Gabriel Medina no Surf, a jovem de 17 anos Eduarda Bordignon, na modalidade de BMX (Freestyle) e o skatista Pedro Barros.

Confira cada um dos atletas de modalidades outdoor e como foi seu desempenho em 2017:

Canoagem Slalom: Ana Sátila

Ana Sátila foi a primeira atleta do Brasil a conquistar uma medalha no Campeonato Mundial de Canoagem Slalom, realizado no ano passado na cidade francesa de Pau. A jovem de 21 anos também levou a prata na K1 Extremo.

Canoagem Velocidade: Isaquias Queiroz

Após se tornar o primeiro brasileiro na história a conquistar três medalhas Jogos Olímpicos Rio 2016 (prata na canoa individual 1.000 metros, prata na canoa dupla 1.000 metros e bronze na canoa individual 200 metros), Isaquias Queiroz conquistou em 2017 sua primeira medalha no Mundial de Canoagem Velocidade, que é disputado em Racice, na República Tcheca. Queiroz levou o bronze na final do C1 1000m masculino.

Ciclismo BMX (Freestyle): Eduarda Bordignon

No no passado, Eduarda Penso Bordignon conquistou o 4º lugar mundial na categoria juvenil e a 15ª mundial na categoria elite. Ela representou o Brasil no Mundial de Ciclismo na China e no Fise, considerada a Copa do Mundo da modalidade.

Ciclismo BMX (Racing): Priscilla Carnaval

É a atleta mais regular do país no Circuito Mundial, fechou na sétima posição do ranking de 2017.

Ciclismo Estrada: Flávia Oliveira

No Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro em 2016, Flávia Oliveira conquistou o melhor resultado na história de uma brasileira, ficando em sétimo lugar a prova de ciclismo estrada. Em 2017 ela continuo fazendo grande feitos. Foi 10 na prova belga La Flèche Wallonne. Outro resultado impressionante foi a 17ª colocação na clássica Amstel Gold Race, na Holanda.

Ciclismo Mountain Bike: Henrique Avancini

O ano passado foi um dos melhores da carreira do ciclista Henrique Avancini. Ele conquistou um histórico top 4 no Campeonato Mundial de MTB XCO 2017 e fechou o ano entre os top 5 no ranking mundial de mountain bike cross country da UCI – União Ciclística Internacional.

Ciclismo Pista: Gabriela Yumi Nishi Gomes

A ciclista Gabriela Yumi, conquistou quatro medalhas no Campeonato Brasileiro de 2017, e foi escolhida a melhor atleta na categoria Pista.

Desportos na Neve: Michel Macedo

Michel Macedo tem 19 anos e representou o Brasil em PyeongChang 2018. Michel é tetracampeão brasileiro de slalom gigante (disciplina do esqui alpino), com muita experiência em eventos internacionais. Em 2017, ele também passou a limpo as melhores marcas brasileiras conquistadas no super combinado e no downhill.

Desportos no Gelo: Edson Bindilatti e Edson Martins

Atletas da equipe Blue Birds, o time brasileiro de bobsled, ocupam a 20ª colocação no ranking internacional entre os quartetos masculinos (junto com Odirlei Pessoni e Rafael Silva). PyeongChang 2018 foi a quarta participação olímpica deles. O piloto Edson Bindilatti, que compete também em duplas, é o único que está na equipe desde o início, e atualmente é um dos mais experientes e respeitados atletas de bobsled do mundo.

Escalada Esportiva: Felipe Hoo Foganholo

É um dos grandes nomes da nova geração da escalada brasileira. Com apenas 18 anos, ele foi campeão brasileiro juvenil invicto entre 2012 e 2017. Em competições internacionais de 2017, ficou na 10ª posição no TNF master de Boulder Santiago CHL.

Maratona Aquática: Ana Marcela Cunha

Na temporada de 2017 Ana Marcela conquistou três medalhas no Mundial de Budapeste na Hungria, sendo uma de ouro, nos 25km e duas de bronze nos 5km e nos 10km. Além disso, foi vice-campeonato do Circuito Mundial tendo conquistado a prata em duas etapas (Lac St Jean e Hong Kong) e ouro em outras duas (Lac Megantic e Chun’na).

Remo: Uncas Tales Batista

Em 2017 o atleta de remo venceu o Mundial Single Skiff Sub-23, bateu o recorde da categoria e alcançou a finall do Sênior, sendo o destaque da modalidade.

Surf: Gabriel Medina

Campeão Mundial em 2014, no ano passado Medina foi vice campeão no campeonato internacional. Mesmo assim, foi o ano também que se consagrou como um dos surfistas que mais recebeu prêmios em 2017.

Skate: Pedro Barros

Pedro é hexacampeão no X-Games, tendo levado ainda mais 3 medalhas de prata. Em 2017 foi campeão de vários campeonatos como o Vans Park Series Brasil, Oi Bowl Jam 2017 e VPS Vancouver.

Triathlon: Vittória Lopes de Mello

Revelação da nova geração do Triathlon Brasil, Vittória Lopes teve resultados expressivos nas principais competições nacionais e internacionais de 2017, como o Top 10 na ITU Grand Final de Rotterdam, a terceira colocação geral no Panamericano de Triathlon em Puerto Lopez e o título de campeã da Grande Final da Copa Brasil de Sprint Triathlon tanto na elite como em sua categoria.

Confira os destaques do ano das outras modalidades

Atletismo: Caio Bonfim
Badminton: Ygor Coelho
Basquete: Vitor Benite
Basquete 3×3: Luiz Felipe Soriani
Beisebol: Eric Eiji Taniguchi Pardinho
Boxe: Beatriz Ferreira
Esgrima: Nathalie Moellhausen
Futebol: Luan Guilherme de Jesus Vieira
Ginástica Artística: Thais Fidelis
Ginástica Trampolim: Camilla Gomes
Ginástica Rítmica: Jéssica Sayonara Maier
Golfe: Herik Frederico Machado Oliveira
Handebol: Eduarda Amorim
Hipismo adestramento: João Victor Oliva
Hipismo CCE: Márcio Carvalho Jorge
Hipismo saltos: Pedro Veniss
Hóquei sobre grama: André Luiz Couto
Judô: Mayra Aguiar
Karatê: Douglas Brose
Levantamento de pesos: Fernando Saraiva Reis
Natação: Bruno Fratus
Nado Sincronizado: Maria Clara Lobo
Pentatlo moderno: Danilo de Moraes Fagundes
Polo Aquático: Illana Pinheiro
Rugby: Rachel Cristina Kochhann
Saltos Ornamentais: Isaac Nascimento de Souza Filho
Softbol: Fernanda Ayumi Shiroma
Taekwondo: Iris Sing
Tênis: Marcelo Melo
Tênis de mesa: Hugo Calderano
Tiro com arco: Marcus Vinícius D´Almeida
Tiro esportivo: Felipe Wu
Vela: Martine Grael e Kahena Kunze
Vôlei: Natália Zilio
Vôlei de praia: André Stein e Evandro Gonçalves
Wrestling: Joilson de Brito Ramos Jr

COMPARTILHAR