Intervenção com drones explora a relação entre natureza e tecnologia

Dois artistas iluminaram o céu de o Amsterdã, na Holanda, com 300 drones luminosos, que se moviam num espetáculo coreográfico.

A intervenção artística aconteceu em meados de agosto. O espetáculo incomum é chamado de “Franchise Freedom”, do Studio Drift, um estúdio de arte e design da capital holandesa dirigido por Lonneke Gordijn e Ralph Nauta.

Desde 2007, a dupla faz instalações impressionantes, muitas vezes baseadas em luzes, que exploram a relação entre natureza e tecnologia.

O show com drones luminosos estreou em Miami no ano passado. A proposta é recriar bando de pássaros que voam de forma coordenada. Para reviver esse conceito, os artistas da Drift chamaram engenheiros especiais.

A dupla desenvolveu um algoritmo especial para coreografar os movimentos do enxame de drones.

Confira o vídeo da apresentação em Amsterdã:

Franchise Freedom – a flying sculpture by Studio Drift in partnership with BMW from Studio DRIFT on Vimeo.