Ueslei Marcelino foi premiado pelo registro de trajetória de migrantes da América Central

Por Redação

O fotógrafo brasileiro da agência de notícias britânica Reuters, Ueslei Marcelino, venceu um dos prêmios mais importantes do jornalismo dos EUA, o Pulitzer.

A foto premiada retrata um migrante de Honduras, integrante de caravana rumo aos EUA, tentando se proteger em fronteira Guatemala-México, em Ciudad Hidalgo. O registro foi feito em outubro de 2018.

Além de Ueslei Marcelino, outros onze fotógrafos da Reuters trabalharam no projeto “Na Trilha de Migrantes à América”, e fizeram um pacote de imagens de imigrantes da América Central à fronteira dos EUA.

“Pulitzer, é nosso. Nosso porque ninguém faz nada sozinho. Nosso porque vencemos por equipe. Nosso porque tem muita gente junta aqui. Nosso porque quem me conhece sabe que meu ativismo é pelo fotojornalismo. Nosso porque é um representante brasileiro. Nosso porque é nosso. Obrigado aos amigos, família e todos que curtem fotografia. Grande dia para o fotojornalismo brasileiro”, disse o fotógrafo em um post nas redes sociais.

A Reuters também foi premiada nesta edição do Pulitzer pela reportagem internacional de investigação que revelou a execução de 10 muçulmanos rohingyas por camponeses budistas e forças de segurança de Mianmar.