Dicas e truques de prevenção de bolhas de quem é especialista em trilhas de longa distância

Por Joe Jackson*

Tendo percorrido mais de 10.000 milhas em trilhas épicas de longa distância, Liz Thomas é uma verdadeira especialista quando se trata de lutar contra bolhas.

A jovem formada pela Universidade de Yale é ex-recordista de velocidade da Appalachian Trail e veterana de vinte longas trilhas. Feitos que ela nunca poderia ter conseguido com os pés machucados. Aqui estão suas dicas relacionadas a equipamentos para prevenir e tratar bolhas quando você está caminhando.

Liz Thomas sabe do que está falando quando se trata de bolha (Barefoot Jake Morrison)

Espaço para os dedos

Certifique-se de usar sapatos que dão aos seus pés espaço para inchar, particularmente na ponta do pé. “É importante ter sapatos que deixam os dedos dos pés estendidos”, diz Liz. “Quando você está em pé por 15 a 17 horas por dia, todo esse sangue corre para os pés.” Dar a seus pés espaço para inchar vai minimizar a fricção dos pés e bolhas. Liz uma tênis da Altra Lone Peaks e diz que está feliz com o equipamento. Ela acha que tênis para corredores de trilha dão apoio adequado no tornozelo sem pesar os pés para baixo.

Quando você está experimentando sapatos, mexa os dedos dos pés para ter certeza de que eles têm espaço para se mover. Se a ponta do dedo do pé parecer apenas confortável, pense em pegar um tamanho ainda maior ou teste outra marca com formas mais largas.

O material certo das meias

O primeiro passo para escolher o par certo de meias é avaliar como seu corpo reage à caminhada, diz Liz. Se você suar muito, compre meias que prometem absorver a umidade.
Liz usa meias Darn Tough Run/Bike Ultralight quando ela está indo rápido e leve. O tecido nessas meias de lã de merino é realmente apertado. Portanto reduz a quantidade de pequenas pedras e sujeira que entram em contato com os pés. Isso, por sua vez, reduz o número de bolhas. Essas meias também são muito leves, o que permite que Liz troque de pare no meio do dia. Ela limpa suas meias sujas em um riacho e as pendura na mochila para secar.

Esteja preparado para a infecção

Se você não conseguir secar uma bolhas (algo que pode ser particularmente difícil em áreas úmidas como as encontradas no AT), é fácil se infectar. Liz leva álcool ou compressas de iodo para desinfetar um alfinete de segurança que ela usa para drenar suas bolhas quando ela as pega. Embora ela geralmente use meias à noite, ela fica sem meias depois de estourar uma bolha para deixar secar. Ela também traz pomada antibiótica para tratar infecções que se instalam.

Esparadrapo

Liz usa Leukotape para envolver as bolhas, porque é muito pegajoso e não esfrega o dedo do pé na metade do dia. A fita livre de látex gruda tão bem que Liz ficou de pé por mais de uma semana e esquece das bolhas. Luekotape é tão forte que Liz a usa para reparar a equipamentos.

*Texto publicado originalmente na Outside USA.