Recupere-se mais rapidamente com estes superalimentos

Por Aaron Gulley da Outside USA

A tendência natural quando se está lesionado é cortar as calorias. Treinar menos, comer menos, certo? Não exatamente. Os alimentos oferecem os tijolos que o corpo precisa para se reconstruir e recuperar, então, ainda que você precise cortar o consumo geral, é importante ter certeza de que está recebendo o suficiente daqueles elementos certos.

“Você precisa de alimentos que sejam ricos em antioxidantes, fatores anti-inflamatórios e aminoácidos que ajudam o corpo a se fortalecer, reconstruir o colágeno e os tecidos musculares, e se curar”, diz a nutricionista Kelli Jennings da Apex Nutrition que tem sua sede em Golden, Colorado (EUA). “Oferecendo ao corpo os nutrientes que ele precisa, você consegue se recuperar mais rápido”. Seguem as sugestões de Jennings para começar sua recuperação

Truta Fresca

É um peixe cheio de ômega 3, que ajuda a curar a inflamação das tendinite e das fraturas. Também oferece proteínas para os músculos que estão se regenerando. Um atleta de 80 quilos necessita de, aproximadamente, 130 gramas de proteínas diárias para se recuperar direito, e a truta, com sua baixa taxa de mercúrio, é uma ótima fonte.

Dose: 170 gramas de truta, três vezes por semana.

Batata doce

Este tubérculo é fonte importante de vitamina A, que ajuda a aumentar o número de glóbulos vermelhos – que combatem infecções – no sangue. Isso é especialmente importante se você estiver se curando de algum tipo de alergia ou escoriação. A batata doce também tem muita vitamina C, que promove a recuperação da pele saudável e ajuda na produção de colágeno, base do tecido conjuntivo tão frequentemente estressado em atletas.

Dose: Pelo menos uma porção por dia. Para variar, alterne com cenoura e espinafre.

Iogurte

Além de ser ótima fonte de proteína, o iogurte tem muito cálcio e vitamina D, que comprovadamente aceleram a recuperação de ossos e músculos. As bactérias saudáveis do iogurte também melhoram a absorção de nutrientes necessários para uma resposta imune mais saudável.

Dose: De 100 a 200 ml por dia.

Edamame

A proteína da soja ajuda a proteger e regenerar as articulações e reduz a inflamação dos ossos e da artrite. Seus feijões também são ótima fonte do aminoácido prolina, componente do colágeno que ajuda a produzir o tecido conjuntivo da cicatrização e dos vasos sanguíneos. Também possuem genisteína, potencializador do sistema imune e anti-inflamatório.

Dose: Meia xícara por dia, no lanche da tarde ou antes do jantar.