Por um Mundo Selvagem

Pergunta da semana: Quando saio de um lugar escuro e dou de cara com a luz do Sol, costumo espirrar. Por que isso acontece?


(Ilustração: Magrela)

Por Vanessa Kopersztych

Eu espirro depois que saio de um lugar escuro e dou de cara com a luz do sol. Por que isso acontece?

Você provavelmente sofre daquilo que os médicos chamam de espirros fotorreflexos: basta sair de um local escuro para o Sol para a crise começar. Alguns especialistas dizem ser um "curto-circuito neurológico" num dos atalhos que ligam o sistema ocular ao nasal. “Geralmente, um espirro acontece porque um nervo chamado trigêmeo é estimulado após o contato de substâncias irritativas com o nariz. Esse nervo envia informações ao centro de espirro no cérebro, que por sua vez envia instruções ao pulmão e ao diafragma. Este se move abruptamente, fazendo com que a pessoa inspire profundamente. Depois o diafragma e os músculos do peito se contraem, fazendo com que o ar saia repentinamente pelo nariz e pela boca – o espirro. Mas, como o trigêmeo fica próximo ao nervo ótico, quando este percebe um feixe de luz entrando na retina, ele dá um sinal para o cérebro constringir as pupilas. Só que parte desse sinal elétrico é identificado pelo trigêmeo e depois confundido pelo cérebro como um aviso de nariz irritado”, explica Francini Pádua, doutora do Departamento de Otorrinolaringologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.