7 dicas para respirar melhor na corrida

Conforme o ritmo do corredor aumenta, necessidade de absorver oxigênio também cresce

Por Rosane Queiroz para Runner’s World

Respirar bem e corretamente durante a corrida faz toda a diferença, pois o aparelho respiratório atua associado ao sistema cardíaco. Conforme o ritmo vai se intensificando, aumenta também a necessidade de absorver maior quantidade de oxigênio, para que o cansaço não interrompa o treino.

Há quem diga que é melhor respirar somente pela boca, outros alegam que o ideal é inspirar pelo nariz e expirar pela boca, e os mais perfeccionistas acreditam que o praticante deve cadenciar a respiração com o ritmo das passadas. Por exemplo: inspirar no tempo de duas passadas e expirar no tempo de duas passadas. Todas as estratégias, afinal, são válidas, segundo o preparador físico e coordenador da academia Competition, Ivo Moraes. “A experiência e a busca de uma forma de respirar confortável, ou que ajude a cumprir seu treino dentro da intensidade proposta, vai contribuir para que não desista das provas”, diz ele.

Veja as dicas de Ivo Moraes para prolongar os ciclos respiratórios e não perder o fôlego no meio da corrida:

1. Para começar

No aquecimento ou início do treino, mantenha a respiração o mais natural possível. Conforme for aumentando a intensidade, ao perceber o aumento da frequência cardíaca e consequentemente o ritmo da respiração, procure cadenciar o ritmo, prolongando um pouco o tempo de inspiração e expiração, para atenuar a sensação de cansaço e evitar uma possível queda no rendimento.

2. Complemente com outras atividades

Procure associar à corrida a prática de outras modalidades que auxiliam no controle da respiração como yoga, meditação e natação.

3. Seja paciente

Se você é iniciante, não seja imediatista no desenvolvimento do seu ritmo de corrida, tenha paciência e procure aumentar a intensidade dos treinos gradualmente.

4. Encontre o ar puro

Correr em ambientes com maior presença de ar puro (parques, campos arborizados) tornam o treino mais leve e a respiração mais agradável.

5. Procure ajuda

Caso você tenha algum problema respiratório causado por desvios posturais ou condição pulmonar, procure pela orientação de um especialista em Medicina ou Fisioterapia Esportiva para dar suporte e auxiliar na melhora de seu condicionamento físico.

6. Exercite seu aparelho respiratório

Insira na sua rotina de treinos de preparação física exercícios de estabilização e rotação que desenvolvam os músculos das paredes torácica e abdominais, que são responsáveis pela mecânica respiratória.

7. Para terminar

Na parte final da corrida, quando se aproximar da distância alvo, ou em um trecho de subida durante o treino, passe a respirar pela boca, para suprir a necessidade de absorção de maior quantidade de oxigênio. Treinando dessa forma, durante uma prova de corrida de rua, você saberá melhor como adequar a respiração de acordo com o percurso.

 

COMPARTILHAR