Cuida bem de mim

As assessorias esportivas podem ser uma ótima opção para quem precisa dar um gás nos treinos

Quer uma força extra para melhorar sua performance em 2013? Com serviços que hoje vão muito além de planilhas mensais, as assessorias esportivas podem ser uma ótima opção para quem precisa dar um gás nos treinos


Por Maria Clara Vergueiro


NÃO FALTAVA MUITO PARA o empresário e ciclista Marcelo Mandetta, de 46 anos, atingir seus objetivos esportivos. No entanto, apesar da disciplina nos treinos, quase todas as vezes que se via em uma prova de mountain bike ou de speed a cena se repetia: a energia imposta nos primeiros quilômetros da competição parecia se evaporar com o suor, a cabeça teimava em desistir e, por fim, o corpo entrava em colapso. Quando ele não largava a competição no meio, completava o percurso à beira da exaustão. “Por que isso, se me dedico tanto?” era a pergunta que sempre se fazia, já que, no dia-a-dia, mesmo sem treinador, cumpria à risca a rotina de treinos que estabelecia para si mesmo. No começo de 2011, decidiu que era hora de buscar orientação profissional e recorreu à assessoria esportiva de Adriana Nascimento, 11 vezes campeã brasileira de MTB e que desde 2003 treina alunos em São Paulo.

Um ano mais tarde, a performance de Marcelo mudou consideravelmente. Ele passou a conhecer melhor o próprio corpo e a domar a ansiedade, focando as energias em aperfeiçoar a técnica e o fôlego. E isso se refletiu nas provas: seu tempo no Mediofondo de Ubatuba, competição de ciclismo de estrada de cerca de 100 quilômetros no litoral norte de São Paulo, caiu de 3h43, em 2010, para 3h, em 2011. No mountain bike também: enquanto no Big Biker de Santo Antônio do Pinhal (categoria pró, com 55 quilômetros), ele completou o percurso em 5h02 na edição de 2011, baixou para 4h05 em 2012. Para celebrar suas conquistas, fez uma participação consistente na Brasil Ride de 2012, principal ultramaratona de mountain bike do país. “Aprendi a dosar meu ritmo. Na Brasil Ride, eu e meu parceiro fomos crescendo gradualmente e atingimos o ápice da nossa performance no último dia”, conta, feliz da vida.


Como Marcelo, milhares de pessoas têm aderido às assessorias esportivas em busca de uma “mão amiga” – só na capital paulista, que concentra mais de 50% deste mercado no Brasil, são mais de 15 mil alunos, segundo a Associação dos Treinadores de Corrida de Rua de São Paulo (ATC). E esse número não para de crescer, graças à popularização de esportes como corrida de rua e o amadurecimento de uma cultura de bem estar no país.

Desde que as primeiras assessorias surgiram no Brasil, lá pelos anos de 1990, o perfil dos alunos que buscam esse tipo de serviço foi-se diversificando bastante. “Na década de 1980, apenas os clubes ofereciam treinadores à pessoas, que eram sempre atletas amadores federados. Quase não havia mulheres praticando esporte por diversão, e a corrida de São Silvestre tinha apenas cem participantes”, lembra o veterano Wanderlei de Oliveira, um dos primeiros a fundar uma assessoria esportiva no Brasil, a Run For Life, criada em 1980 em São Paulo.

Ilustração: João Pirolla

Hoje a situação mudou completamente, e há assessorias para todos os gostos – para quem curte correr em grupo, para mountain bikers ávidos por ultramaratonas tipo a Cape Epic, na África do Sul, ou para quem deseja apenas completar uma travessia de natação. Ou ainda, claro, fazer o primeiro Ironman, caso do empresário carioca Rafael Clemente. Ex-atleta, ele não praticava nenhuma atividade física havia dez anos e estava 13 quilos acima do seu peso atual de 71 quilos quando um amigo propôs o desafio de completar a prova mais longa e dura do triathlon. Para entrar em ótima forma, Rafael tinha apenas dozes meses. Como não havia tempo a perder, ele passou a frequentar os grupos de alunos da Tribus Adventure, assessoria esportiva especializada em aventura e triathlon, pioneira em modalidades outdoor em solo carioca. “Ter uma meta desafiadora foi muito importante, e meu treinador sempre me incentivou a fazer provas intermediárias para manter a motivação em alta”, conta o aluno de Bernardo Tillman, sócio-fundador da Tribus.


MAIS DO QUE PLANILHAS MENSAIS, os profissionais dessas assessorias administram as expectativas dos alunos, traçam metas claras para cada um deles e abrem as portas de um universo de provas, equipamentos e hábitos que muitas vezes são absolutamente desconhecidos de quem não conta com o amparo de um treinador. A atleta paulistana Cristina de Carvalho, dona do primeiro programa de treinamento voltado exclusivamente para as mulheres (o Projeto Mulher), atende em sua assessoria feminina tanto moças competitivas quanto senhoras de meia-idade em busca de novos desafios na vida. Um filão e tanto, levando-se em conta que, só nos últimos cinco anos, o número de mulheres paulistas que cruzaram a linha de chegada das competições de corrida de rua cresceu 101%, segundo a Federação de Atletismo desse estado.

Cristina monta treinos individuais que unem corrida, trabalho muscular de glúteos e abdome, e ainda faz a curadoria de provas mundo afora, acompanhando suas pupilas em quase todas elas. As alunas que desejam aumentar as doses de endorfina podem ainda incluir bike e remo aos treinos semanais. “Ao longo destes anos todos, as alunas do Projeto Mulher conquistaram muitos desafios, fizeram maratonas, atravessaram montanhas”, comemora Cristina, que também é criadora do Núcleo Aventura, uma assessoria 100% voltada para os amantes das provas mais rústicas. Além de planilhas e lições de técnica, a treinadora procura ensinar aos alunos a diferença entre “sonho” e “objetivo”, priorizando metas mais tangíveis, de curto e médio prazo. “Qualquer pessoa tem capacidade. Se alguém me diz que quer fazer um Ironman e sabe nadar, correr e pedalar minimamente, consigo treiná-la em quatro meses. Agora, para ‘ser’ triatleta, leva mais tempo.”

No caso do engenheiro José Roberto Alfaia, 62 anos, foi preciso quase uma década até ele se tornar um atleta de corrida de aventura competitivo. E, nesse caminho, o papel de sua assessoria esportiva foi fundamental. Depois de participar das provas ao lado do filho, na função de apoio de equipe, José se encantou pela possibilidade de unir tantas modalidades em uma só, no meio da natureza. Passou dois anos investindo na saúde por conta própria, no clube de que é sócio, o Pinheiros, em São Paulo, quando descobriu que professores da assessoria Selva Aventura estavam dando treinos ali mesmo.

Já 14 quilos mais magro e com experiências bem-sucedidas em algumas competições, José entrou para o time de alunos da Selva e hoje treina com afinco três horas por dia, seis vezes por semana, e compete de igual para igual com companheiros muito mais jovens. Fez novos amigos no grupo e se tornou referência para gente com metade de sua idade. “Além de melhorar minha performance em todas as modalidades, com a assessoria eu tive a chance de conhecer e me especializar em remo e caiaque, que hoje é o esporte com o qual mais me identifico”, diz José, que em 2010, quando virou sexagenário, disputou 15 provas, venceu oito delas e ficou entre os melhores da categoria nas outras.

Para conquistar o público, que cresce junto com a oferta de competições e com o mercado especializado (entre 2007 e 2010, o número de provas de corrida cresceu 53% só em São Paulo), as assessorias apostam em uma gama de produtos customizados para diferentes estilos de vida. A mineira OCE (abreviação de Over the Top Consultoria Esportiva), por exemplo, foi pioneira no uso de medidores de potência para avaliar o desempenho de seus alunos treino a treino. Fundador da OCE, o triatleta Hugo Prado Neto voltou de uma temporada no centro de treinamento do norte-americano Chris Carmichael, renomadíssimo treinador de ciclismo e triathlon, e implementou o sistema de leitura de gráficos na sua assessoria, o que a tornou única em Belo Horizonte. “Oferecemos até bike fit [ajuste da bike para as medidas do ciclista], em uma busca pela customização máxima do treinamento”, conta Hugo, que orienta atletas de triathlon, ciclismo de estrada e mountain bike.

Outro serviço que tem se sobressaído em algumas assessorias é o treinamento à distância, indicado para quem vive em outra cidade ou país, ou não tem tempo para se encontrar com o treinador pessoalmente. As orientações são enviadas por email, e não raro aluno e professor conversam via Skype. Esse tipo de serviço cai bem para aqueles que curtem treinar sozinhos e têm disciplina para isso. É o caso da dentista Licia Elias, que começou a treinar triathlon na asssessoria 5 Ways, de São Paulo, e anos depois emancipou-se: constrói suas planilhas semanalmente em parceria com outro treinador, que mora na China. Para ela, todos os que desejam começar a praticar um determinado esporte deveriam procurar uma assessoria. “E, depois, quando estiverem buscando melhores resultados, a dica é buscar um atendimento mais individualizado e focado no objetivo”, sugere a moça.

Com tantos serviços, modalidades e professores para ajudar todos os tipos de esportistas, não faltará boa companhia e acompanhamento para ir atrás de seus objetivos.


>> Corra atrás

Assessorias e serviços personalizados que podem incrementar sua rotina de esportes


BELO HORIZONTE

Grupo Mais > Assessoria especializada em corrida de rua e triathlon, promove seus treinos em Belvedere (Lagoa Seca), às terças e quintas, das 19h às 20h30.

Quanto > De R$175 A R$ 250 ; maisqualidade.com.br


OCE > Assessoria voltada para ciclismo, mountain bike e triathlon, com planilhas mensais e acompanhamento de cada treino a partir da análise de gráficos fornecidas por medidores de potência. Trabalha com quatro pacotes diferentes de treinamento, do mais personalizado ao mais independente. Os treinos de ciclismo em grupo com escolta saem às 6h, da entrada do BH Shopping. Aos sábados, tem treino de mountain bike em Belvedere. Acompanha seus atletas em provas dentro e fora do país e oferece serviço de bike fit.

Quanto > Entre R$ 200 e R$ 275, de acordo com o pacote. treine.net


BRASÍLIA

Ápice > Assessoria multiesportiva, promove treinos de bike, corrida e natação, de segunda a sábado, em diferentes horários, no Clube Naval (natação), Parque de Águas Claras, Parque da Cidade (corrida) e no Autódromo (ciclismo). As planilhas são semanais e os alunos têm consultas com nutricionistas e fisioterapeutas dentro do escritório da Ápice, a preços especiais.

Quanto > A partir de R$145. treinamentoapice.com.br


CURITIBA

Trainer > Treinos de corrida de rua, de terça a quinta-feira e aos sábados, em cinco pontos da cidade (Jardim Botânico, Barigui, Praça Alfredo Hauer, Praça Oswaldo Cruz e Parque Bacacheri). Elabora as planilhas individualmente para todos os objetivos e acompanha seus alunos em maratonas como as de Nova York, Chicago, Rio de Janeiro e São Paulo. Conta com uma rede de parceiros que oferece descontos em diversos serviços e tem um programa de musculação voltado para corrida.

Quanto > R$ 194. trainerassessoria.com.br


RIO DE JANEIRO

Street Runners > Especializada em corredores de rua de todos os níveis, promove os treinos em diversos horários, com ponto de encontro na praia do Leme, às 7h e às 18h. Oferece massagem e shiatsu depois dos treinos e tem uma equipe de professores, cardiologistas, nutricionistas e fisioterapeutas. O envio de planilhas é mensal. Tem uma filial em Vitória da Conquista, na Bahia.

Quanto > A partir de R$100; streetrunners.com.br


Tribus Adventure > Dedicada à corrida de aventura, corrida de rua e triathlon, tem grupos que treinam em diversos pontos da cidade. Lagoa, Copacabana, Centro e Barra da Tijuca são os principais. Além das planilhas mensais e personalizadas, promove treinos especiais, acompanha os alunos em competições no Brasil e fora do país e oferece orientação nutricional e médica.

Quanto > R$180 uma modalidade, ou R$230 mais de uma. tribusadventure.com


Start > Assessoria esportiva para quem está querendo treinar triathlon e corrida, a Start promove os treinos nas praias do Leme, da Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Lagoa Rodrigo de Freitas e região central do Rio. Oferece diversos descontos em serviços e profissionais da saúde, além das planilhas semanais personalizadas.

Quanto > a paritr de R$110. equipestart.com.br


SALVADOR

ATP Run > Treinos de corrida, ciclismo e natação, em cinco pontos diferentes da cidade (Ondina, Jardim de Alah, Praça das Algarobas, Porto da Barra e Hospital da Bahia). Os locais de treino dos sábados são definidos mês a mês. Trabalha com planilhas personalizadas e acompanha seus alunos em provas.

Quanto > R$ 205. atprun.com.br


SÃO PAULO

Adriana Nascimento > Orienta atletas de mountain bike, ciclismo de estrada e corrida de aventura interessados em progredir tecnicamente, ou pessoas sem experiência que desejam ser introduzidas ao esporte. As planilhas são customizadas para cada aluno, enviadas semanalmente. Oferece treinos individuais, em grupo ou à distância.

Quanto > R$ 250. anmtb.com.br


Marcos Paulo Reis > Especializada em corrida de rua e triathlon, oferece treinos no Parque do Ibirapuera, USP, Granja Julieta e Parque do Povo, em diferentes horários. Quase 20 professores dão conta dos grupos, que são grandes e facilmente identificados por suas camisetas amarelas. Planilhas individuais são enviadas mensalmente, com os treinos de cada semana. Os alunos têm acompanhamento em provas nacionais e em mais de seis maratonas mundo afora.

Quanto > R$ 210. marcospauloreis.net


Núcleo Aventura e Projeto Mulher > Duas assessorias diferentes da mesma empresa; a primeira está voltada para praticantes de atividades de aventura e a segundo é específica para o público feminino. Trabalham com planilhas mensais personalizadas de corrida, bike, remo e treinamento de força. Os grupos são pequenos, espalhados por diversos pontos da cidade (Parque do Ibirapuera, USP, praças, clubes e ciclovias) e em diferentes horários. Promove treinos fora da cidade, acompanha seus alunos em provas nacionais e internacionais, oferece descontos em inscrições e consultas com profissionais da saúde.

Quanto > Projeto Mulher: R$ 270 (treino + planilha + consulta nutricional); Núcleo Aventura: R$ 204 (treino + planilha). grupocha.com.br


Run For Life > Para corredores de rua de todos os níveis que queiram correr de 5 a 42 quilômetros. Oferece treinos em dois horários (às 6h15 e às 17h), de segunda a quinta e aos sábados, no Parque do Ibirapuera; e aos sábados, nos arredores da cidade. Envia planilhas personalizadas mensalmente. Também conta com treinos de condicionamento para tenistas.

Quanto > A partir de R$100. runforlife.com.br


Selva Aventura > Treinamento outdoor para todos os perfis. As planilhas são montadas semanalmente, de acordo com o objetivo de cada aluno, e incluem treinos de corrida, bike e remo. As aulas acontecem na USP e no Parque do Ibirapuera, de terça a sábado, de manhã ou à noite. Os treinadores acompanham os alunos em provas nacionais e promovem treinos fora da cidade uma vez por mês. Oferece descontos em lojas e consultas com profissionais da saúde.

Preços > R$ 180 (treino + planilha) ou R$ 140 (só planilha). selvaaventura.com

(Reportagem publicada originalmente na Go Outside de fevereiro de 2013)