Surf na bioluminescência

Na Califórnia, surfistas aproveitam o fenômeno da bioluminescência para pegar ondas com luz própria


FENÔMENO: A maré vermelha não é efeito de computador

Os vídeomakers de uma agência da Califórnia (Man’s Best Media
) querem saber quem são os surfistas que aparecem no vídeo feito em San Diego, durante a maré vermelha. Este fenômeno também conhecido como algal bloom é explicado pelo acúmulo de microalgas que brilham à noite graças à bioluminescência – processo químico de alguns seres no qual é produzida energia luminosa.

Sabendo que a tal maré vermelha aconteceria pela costa californiana no começo de outubro, surfistas de Encinitas, Carlsbad e Oceanside não perderam tempo e fizeram uma queda noturna quando o mar estava iluminado por um “enxame” de vaga-lumes aquáticos e azuis – apesar de ser chamada maré vermelha, a cor emitida varia conforme a espécie da alga.

Eles certamente fizeram a cabeça, e agora a agência quer saber quem são os surfistas para colocar os devidos créditos do vídeo abaixo.